Quando tu não estás...

agosto 10, 2015

É estranho! Esquisito! Não sei! Parece que falta alguma coisa, bem, falta TUDO! Porque tu és o nosso tudo e se tu não estás o nosso coração fica com um buraquinho [será que posso dizer buracão?]. Mas nós últimos dias têm sido complicado!

Agarras-te muito a nós, a MIM! O que eu não queria que acontecesse parece que está mesmo acontecer. E agora pergunto me se valeu apena todas as estratégias aplicadas para não te apegares de mais? Sinto que afinal so perdi tempo, tempo esse que podia ter aproveitado melhor, mais beijos, mais colo, mais mimo e mais tempo contigo!

Estou a falar do Tomás sim. Estamos a passar aquela fase que só me quer a mim! E depois se estiver com alguém basta me ver para começar a chorar e a "pedir" colo. Eu não queria que isto acontecesse, não queria! Evitei, evitei ao máximo. Para que!? Aquelas vezes em que te deixei para ir beber apenas um café, aquelas vezes em que te deixei a chorar na cama e apenas te acalmei com a mão em vez de te dar colo, daquelas vezes que te ponho a brincar sozinho para não ficares sempre a minha espera para brincar.

Será que foi tudo uma perda de tempo? Tempo esse que podia ter aproveitado?? (...)

You Might Also Like

2 comentários

  1. Acredito no que dizes, "perda de tempo", não na mesma situação mas também "perdi tempo" em alguns momentos, lá no início. Uma pessoa quer fazer o melhor e por vezes perdemo-nos em estratégias, e outras coisas... cada bebé é um bebé, e eu fui definitivamente mais feliz apartir do momento em que quem passou a mandar foi o meu coração de mãe :) mas não pensemos assim, tudo serve de lição para nós! Só sabemos o que faríamos ou não passando pelas situações... educar é mesmo isso, depende das circunstâncias :)
    O teu Tomas está muito lindo ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este mês vou mima-lo muito muito é os últimos dias que vamos passar 24 sobre 24 horas juntos vou aproveitar. Obriigada :)

      Eliminar