Segurança: Sim ou não?

agosto 24, 2015

E agora começa aquela fase em que ouvimos de todo o lado "Tapa as tomadas!" "Prende as portas!" "Tira os objectivos de vidro do móvel!"  "Cuidado com as gavetas" Isto e aquilo porque vida de mãe é assim ouvir palpites de todo o mundo. E depois dou comigo a pensar. Então mas quem chegou depois? Afinal quem manda aqui em casa? E se as coisas já cá estavam assim porque as vou mudar? Porque!?

Sou contra esses kits de segurança para bebes: borrachas para as portas, prendedores para as gavetas, tampas para as tomadas. Isso tudo para que se o importante é educar? E educar é impor regras! Nem que chore mas ele vai compreender. Se levo o dia todo a chama-lo a atenção? Levo. Se tenho de andar sempre em cima dele? Tenho! Mas é isso mesmo que uma mãe tem de fazer! Ensinar o filho! Dizer lhe o que pode ou não fazer.

Este é o método que usamos por aqui, é cansativo mas vai ser bastante recompensador quando tiver um filho de um ano e pouco e for visitar uns familiares sem protecção e o meu rico filho não mexer em nada! Porque já sabe onde não pode mexer! Porque foi ensinado a não fazer em vez de ser "travado", porque se eu usasse esses kits eu estava a permitir que ele o fizesse apesar de ser uma tentativa falhada ele ia faze-lo!

You Might Also Like

3 comentários

  1. Concordo contigo.. cá em casa não tirei nada do sítio, e a única coisa que comprei foi daquelas tampinhas para pôr nas tomadas, e mesmo assim o rapaz nem se aproxima delas... ;) no entanto, há casas e casas, e muitas têm bastante decoração e mais perigosa ;) beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Concordo com o que escreveste e vou fazer o mesmo com o meu pequenote. Mas acho esses kits úteis para os pais mais distraídos.. Ou então para quem se quer prevenir. Eu pelo menos quero comprar as tampinhas para pôr nas tomadas. Vou fazer as coisas da mesma forma que tu pois acho a forma mais correcta de o fazer mas errar é humano e nós mãe também podemos errar, também nos podemos distrair... porque basta piscar os olhos e eles já estão a fazer o que não devem e pode custar-nos muito caro uma pequena distracção.

    ResponderEliminar
  3. Eu concordo de certa forma contigo temos de dizer sempre o que pode e o que não podem fazer nem que seja 100 vezes ao dia, mas nem todas as crianças são iguais e algumas arriscam tudo e basta um segundo de distração para tudo acontecer, eles gostam de testar os limites e acidentes domésticos acontecem aos pais mais atentos e cuidadosos. Acho que temos de saber analisar a casa que temos, como nós por exemplo temos escadas uma queda pode ser fatal.
    Mas dizer que não e explicar o porque e realmente essencial.
    Beijinhos

    ResponderEliminar