5 coisas que eu disse que não faria quando fosse Mãe!

março 21, 2016

Todas somos mães maravilhosas e perfeitas até eles nascerem, temos muitas teorias e que parecem ser super fáceis e praticas de aplicar, mas depois na pratica as coisas não são bem assim. Afinal educar é difícil? Ou é mais educar dá trabalho?
Li algures que educar é difícil porque dá trabalho e dá mesmo! Por isso as coisas não são tão fáceis como dizíamos antes de sermos mães. Não é fácil impor regras porque eles são seres super curiosos e querem sempre fazer muito mais do que podem ou devem. Por respeito também dá trabalho somos como melhores amigas para eles mimamos, damos carinho e amor e depois de um momento para o outro ralhamos e damos castigos, afinal somos bastante contradizentes no que toca a lidar com eles ora beijos ora derrepente "palmadas" e é normal que eles fiquem baralhados o que ainda complica mais a educação deles, que para mim não é difícil mas sim dá trabalho e muito. É preciso truques e formas de fazer as coisas para agirmos correctamente afinal somos pais a quem eles devem respeito. Mas o pior de tudo mesmo o que torna o educação mais difícil, e é ai que cedemos naquilo que prometemos não fazer, é o cansaço! O cansaço que nós sentimos porque são dias difíceis e exaustivos, são noites mal dormidas e a muitas mais coisas para fazer em casa.

Foram várias as coisas que disse que ele nunca ia fazer, mas das quais se destacam estas 5:

1. O meu filho nunca vai ver televisão, se quiser vê o que eu estou a ver

Sim parece fácil, afinal eles só gostam do que lhes damos a provar. Mas não é bem assim, apesar de todos sabermos que a televisão faz mal assim como as novas tecnologias toda a mãe em desespero acaba por ceder. Sim em desespero ou porque quer arrumar algo, ou para parar uma birra, ou para fazer a comida ou até mesmo para ter um pouco de sossego. O pior vem depois quando pensamos que uma ou outra vez não vai influenciar em nada e que o comando continua a ser nosso e vem eles chorar para cima de nos e lá acabamos por mudar de canal para os entreter e quando damos por nós só passam Panda de manhã a noite na nossa televisão. 
Só pela televisão já se vê quem veste as calças lá em casa.

2. Um filho meu nunca vai fazer uma birra em público.

Pensava eu e queria eu que fosse verdade! Eu acreditava que isso apenas acontecia com os outros e que era falta de mão nos miúdos mas afinal enganei me! Deixem só eles chegarem a fase dos terrible two e vão ver como funciona. Por mais que tentem evitar é impossível. (Eu estou particularmente a dar em doida com esta fase e já ouvi dizer que ela só termina depois dos 30 meses! Ainda só vamos nos 16!)

3. O meu filho só vai dormir na cama dele.

Por aqui esta até não é a pior de todas mas alguns dias acabamos por ceder e lá vem ele dormir connosco. Será que os estamos a habituar mal? Talvez mas quando o cansaço durante a noite fala mais alto não queremos saber de mais nada. Outras vezes a culpa não é do cansaço mas do nosso amor por eles! Quem não gosta de dormir agarradinha a eles com aquele cheirinho de bebé maravilhoso?

4. Não vou ceder a choros!

Sim sim eu é que mando e vou ceder a uma birra? Claro que não pensam todos os pais, mas todos num acto de desespero e muitas vezes para os calaram acabam por ceder de qualquer forma com fim a acabar com aquela birra que sabemos ser por interesse.

5. Vou continuar a sair com ele e pouco ou nada vai mudar na nossa rotina.

Isto é só até arranjarem um bebé dorminhoco como o Tomás, que não queira estar preso no carrinho e que esteja a entrar na fase dos terrible two! Depois vão ver como dão tudo por tudo para não sair de casa com eles e os passeios e os cafés de esplanada com os amigos acabam por ser esquecidos.

Serei a única que disse que não ia fazer e acabei por ceder a quase todas as juras?

You Might Also Like

2 comentários

  1. Olá :)
    Eu acho que comigo vai ser tudo muito idêntico :)!

    beijinhos,
    Patrícia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É complicado acabamos sempre por ceder eheheh Beijinhos

      Eliminar