Nem sabem o que me custa!

maio 23, 2016

Como estou em casa com o Tomás podemos sempre dormir um pouco mais e sem preocupações. Mas dias não são dias e as vezes o pai não tem boleia (nem carta) e lá temos de o ir levar. E hoje foi um dia desses, o trabalho do pai fica à 10 minutos de carro e o pai entra as 6 da manhã então como imaginam temos de sair de casa ainda de noite. A mim não me custa muito porque sei que volto mas o que me custa mais é ter de levantar o Tomás, vestir lhe o casaco e leva ló connosco, passar da porta do prédio até ao carro com um vento fresquinho, prende ló com uma birra daquelas e depois repetir todo o processo ao contrário. É óbvio que ele acorda sempre, e quando chega a casa é que são elas para voltar a dormir.

O bom de sair a esta hora é ter o prazer de ver o sol nascer é um dos momentos mais lindos do dia.

You Might Also Like

0 comentários