Sair de casa têm muito que se lhe diga!

setembro 05, 2016

Quando o Tomás tinha dois meses de vida escrevi por aqui como era difícil sair de casa com um bebé recém nascido. As dificuldades era muitas quer para o despachar a ele quer para me despachar a mim. Pensava eu naquela altura que isto de sair de casa com bebés melhorava com o tempo... Passado um ano e oito meses volto a contar vós como cada dia é mas difícil sair de casa. Acordar é fácil ele é o primeiro a sair da cama cá em casa (hoje foi antes do galo cantar 4:30!). O pior vem depois.  Comer,  bebe leite ainda na cama e come umas bolachinhas onde calha, enquanto eu tento me despachar ele fica a passear pela casa e eu levo o tempo todo a chama lo porque claro mexerico como ele é quando dou por mim estão as batatas na cama e os brinquedos nas gavetas da cozinha, ou até a fralda suja dentro da máquina da roupa! Mamã check vamos ao bebé. Fralda,  toalhetes,  roupa e sapatos reunidos na cama e falta o mais importante, ele claro. Depois de quase correr a meia maratona lá o consigo agarrar e leva lo para a cama para vestir. Mudar a fralda é uma carga de trabalhos não fosse este cu ter bichos carpinteiros. Depois vestir e por fim calçar. Estamos prontos ou quase. Agora resta procura pela casa inteira a chupeta que ele teima em perder o tempo todo e por fim conseguir escolher um, UM brinquedo para sair de casa connosco.

Uma hora depois talvez consiga estar no café...



You Might Also Like

2 comentários