Biberões e maminhas!

agosto 12, 2017

Hoje enquanto fazia scroll no feed do meu Facebook dei de caras com uma publicação num grupo de mães em que uma mãe pedia recomendações de biberões. Os comentários já era muitos e opções não faltavam, entre marcas, tetinas e composição do biberão há um vasto leque de escolhas. Claro que entre os comentários se destacavam aqueles das mamãs a recomendar a cima de tudo a amamentação, entre eles um que me fez ficar muito chateada!

Por outras palavras: maminha sempre, o biberão é um item dispensável no enxoval de bebé!

Eu não tenho nada contra a amamentação, eu própria dei de mamar ao Tomás o tempo que o meu corpo permitiu e não dei mais porque infelizmente fiquei sem leite. Amei essa experiência é realmente incrível, a melhor sensação do mundo e o melhor para eles, claro, mas ainda bem que na minha lista de enxoval havia biberões! Se não fossem eles o meu filho teria passado fome quando do dia para a noite a maminha deixou de lhe sustentar e tivemos de recorrer ao Leite Adaptado.
Na minha opinião um biberão, pelo menos, é um item fundamental num enxoval de bebé. Não sabemos quando lhe vamos dar uso e se realmente vai ser necessário ou não mas uma mãe prevenida vale por duas (trinta ou mil).

Não condeno as mães que são vidradas na amamentação, porque também gostava de ter conseguido fazer amamentação exclusiva até aos 6 meses, mas deviam saber ter limites quando lhes pedem ajuda, ter em atenção que nem todas as pessoas são iguais e que nem todos temos os mesmo valores. É tão simples se não concordam então não ajudem ou se ajudam não façam a pessoa em questão ou outras que lêem se sentir mal.

Cada caso é um caso, as minhas maminhas não tinham leite assim como as de muitas outras mães e nós não somos menos mães porque não amamentamos os nossos filhos!

(In)Felizmente foram pouco mais de 15 dias de um sentimento único!
Infelizmente porque foi pouco tempo, felizmente porque dei de mamar!

You Might Also Like

1 comentários

  1. Detesto fundamentalismos. E essa gente completamente obcecada pela amamentação irrita-me. Cada um sabe de si e do seu bebé!

    ResponderEliminar