Cada dia que passa o Tomás está mais independente, devia ficar contente e orgulhar me pelas coisas que ele já é capaz de fazer sozinho com menos de 7 meses. Mas só de pensar que cada dia que passa as coisas vão ser piores. Devia orgulhar me sim, mas não consigo. Não consigo pensar que ele vai deixar de depender de mim, que um dia eu vou ser apenas aquela que dita as regras que ele ataca e cumpre sozinho! Sim está palavra está a incomodar me e muito, sozinho! Para que servem as mães afinal!? Se um dia ficamos de lado!?

Ele já consegue se deslocar por ele [mesmo que ainda seja mal e pouco], ele já bebe o biberão sozinho, ele põe a chupeta se ela cai e a até os bonecos que estão nós pés da cama vai buscar. (In)Felizmente ele já tem alguma independência, mas isso assusta-me!